Candy Colors!

A tendência do Candy Colors já está presente em nossas vidas tanto na moda, quanto na decoração. Inclusive falamos aqui sobre ela.

Agora, a Butzke também apresenta móveis que complementam essa tendência que, com sua delicadeza e sofisticação, deixa os ambientes com um toque mais suave.

Confira as novidades da Butzke nesses tons:

A Linha São Paulo expõe um jogo completo de cadeiras nos tons Candy Colors, como o Branco, o Verde, o Azul Caribe, o Rosa e o Cinza.

A tradicional Linha Rio acompanha a tendência com as cores Verde Oliva e Rosa Nude.

Para finalizar, o Balançotte, também expressa suas cores em Candy Colors nos mesmos tons da linha São Paulo.

Essas cores trazem o ar de nostalgia que lembra os anos 50 e 60. Uma delicadeza única que combina com qualquer ambiente!

linha-sao-paulo-1 linha-sao-paulo-mesa-xis-4 cadeira-rio-acrilico-foto-lio-simas-4 poltrona-bigua-foto-lio-simas-3

Estilo escandinavo marca nova coleção da Butzke

O design escandinavo, um dos mais apreciados pelos amantes do design, foi a inspiração para a nova aposta da Butzke que traz em sua recente coleção uma série de móveis produzidos em madeira piquiá. Ideal para uso em áreas externas, já que possui resistência muito superior em relação à outras madeiras, a piquiá se mostrou bastante conservada quando exposta à intempéries. A excelente durabilidade dessa espécie colaborou para a seleção da marca que também levou em consideração, o tom claro, o toque sedoso e o excelente acabamento que remete ao tipo e aos traços criados em produtos dos países nórdicos.

A cadeira Jandaia e a poltrona Uirapuru, assinadas pela Asa Design com exclusividade para a Butzke, todas igualmente produzidas com piquiá, marcam o início do uso da madeira pela Butzke. Para Michel Otte, à frente da marca, trata-se de uma nova experiência, mas que promete bons resultados. “A madeira piquiá é nobre e seu uso pouco explorado no mercado nacional. Como sempre buscamos novidades, essa matéria-prima vai agregar ainda mais qualidade e beleza em nossas peças”, pontua Michel.

A escolha dessa madeira vai ao encontro das propostas de produção da marca: peças que são pensadas para circular confortavelmente entre espaços públicos e residenciais, grandes projetos arquitetônicos ou domésticos, perdurando ao longo do tempo. Isso é possível, pois a condição superior do piquiá permite que seja uma peça atemporal, um objeto para a vida toda.

poltrona-sofa-e-mesa-auxiliar-malibu_foto-lio-simas-2 cadeira-e-mesa-jandaia_foto-lio-simas-1 poltrona-uirapuru-1

Ladrilho hidráulico

Feito de cimento, o ladrilho hidráulico recebeu esse nome porque as peças, após serem retiradas das formas, passam cerca de oito horas debaixo d’água para a cura. Esse produto possui elevada durabilidade e aspecto ecológico, já que sua produção não consome energia e nem emite gases.

 

 

Uma desvantagem dessa peça é o alto custo, dificultando o uso em grande quantidade. E a única contraindicação é o uso em áreas como garagens, onde há sobrepeso.

O ladrilho hidráulico une destaque e beleza ao ambiente, criando um espaço de estilo e originalidade.

Esse material faz muito sucesso por causa da sua versatilidade. Além de poder ser aplicado tanto em pisos quanto em paredes de áreas internas e externas, possui uma infinidade de estilos, desenhos e cores. Para não errar e acabar exagerando visualmente na decoração, a dica é adequar os ladrilhos às cores que já estão presentes no espaço ou associá-los aos tons e materiais mais neutros, como placas de cimento e madeira.

Com algumas imagens de diferentes ambientes é possível notar a versatilidade do ladrilho hidráulico:

 

O que podemos perceber com esses exemplos é que através da aplicação do ladrilho hidráulico o piso ou parede deixa de ser apenas um revestimento e passa a ser parte da decoração.

Cozinha com ilha central

A ilha central é uma ótima opção de layout para a cozinha. Além do design diferenciado que oferece para o cômodo, ela possui diversas funcionalidades. É uma bancada que fica no centro da cozinha e pode servir para preparar os alimentos, fazer refeições rápidas, lavar, cozinhar ou simplesmente para organização.

Um diferencial da ilha central é que normalmente ela é acessível pelos quatro lados. Portanto, enquanto uma pessoa está preparando um alimento, outra pessoa pode estar lavando, cozinhando ou fazendo uma rápida refeição.

Com a instalação de eletrodomésticos na ilha, há espaço nas paredes para pôr armários e objetos decorativos.

Cozinha americana cai no gosto dos brasileiros

Os espaços integrados na casa deixam as salas de jantar e as grandiosas mesas em segundo plano nos apartamentos.

A ideia da vez são as bancadas. Elas ganham força na divisão entre cozinha e sala formando as famosas cozinhas americanas.

São ideais para aqueles que costumam receber visitas para jantares e almoços informais.