Palha e madeira

A Palha Natural ganhou preferência e se tornou uma tendência na decoração.

O design brasileiro, com um material que é a cara do país. A palha natural (ou palhinha) é uma ótima opção para compor a decoração da sua casa. É aconchegante, sofisticada e muito versátil.

A nossa linha Maresias, assinada pelo designer Carlos Motta com exclusividade para a Butzke, conta com as novas opções em palha.

Um design único que usa o mix de materiais naturais: madeira e palha.

Linha Maresias_Cadeira Maresias com Palha + Mesa Diamantina 100_Foto Lio Simas (3) Linha Maresias_Cadeira Maresias com Palha + Mesa Diamantina 100_Foto Lio Simas (5) Linha Maresias_Cadeira Maresias com Palha + Mesa Diamantina 100_Foto Lio Simas (8)

Claudia Moreira Salles

A designer Claudia Moreira Salles assina a linha Mangaratiba composta por um sofá e uma poltrona, ambas em madeira Cumaru, certificada pelo FSC.

Linha Mangaratiba_Foto Lio Simas (2) Linha Mangaratiba_Foto Lio Simas (4) Linha Mangaratiba_Foto Lio Simas (6)

Sobre a designer:

Claudia Moreira Salles nasceu no Rio de Janeiro, em 1955, e se formou pela Escola Superior de Desenho Industrial (Esdi), na mesma cidade, em 1978. Desenvolveu vários projetos para produção em série junto a indústrias. Em meados dos anos 80, radicou-se em São Paulo e passou a projetar móveis de extremo apuro técnico e com feitura artesanal ou semi-artesanal, usando as possibilidades da madeira.
As criações da designer já ultrapassaram as fronteiras do país. Seus móveis foram publicados em várias revistas especializadas de diversos países e são vendidos em algumas cidades do exterior, como Nova York, Los Angeles, Paris, Lisboa e Düsseldorf.

Torneio Design Tournament

 

A Butzke, em parceria com o Instituto Europeu de Design – IED São Paulo, promoveu um torneio entre os alunos da instituição a fim de promover a criação de um móvel de área externa.

Os alunos foram desafiados a projetar um produto comercial para trazer uma nova visão de design para estes artigos. A avaliação foi feita por um arquiteto, um designer, um formador de opinião ou um diretor de redação, um representante da Butzke e um do IED.

Pertinência com o tema, caráter comercial, inovação, sistema de construção e material utilizado, e  criatividade, claro, foram os critérios para a avaliação dos produtos.

Lara Mauad, com o seu projeto “Cadeira de Balanço”, foi a vencedora do Prêmio Butzke nessa edição do Design Weekend – DW! 2017. Ela ganhou a fabricação do protótipo do seu projeto, além de curtir um final de semana no Costão do Santinho. O segundo lugar ficou com Hugo Ribeiro enquanto o projeto “Ilha da Magia” da Ressoi Schubert Pierozan levou o terceiro troféu, ambos com direito a um tour pela fábrica da Butzke em Timbó, SC.

 

Confira a entrevista que O IED SP fez com os vencedores:

 

IED: Qual foi a sua inspiração para a criação da peça?

Lara: “Minha inspiração foi a minha casa, e o modo como a gente usa a varanda. Criei esse projeto em um domingo de manhã, sentei lá e comecei a criar. Eu quis abordar a história de estar junto e daquela aproximação que se tem quando se senta numa rede, o balanço dela… Foi por aí que eu comecei a pensar no banco e à partir disso fui desenvolvendo o projeto. Eu queria também algo que tivesse transparência, para não tampar as plantas, que eu acho uma coisa muito bonita numa varanda.”

Hugo: “A proposta do banco surgiu como uma necessidade… Eu sou do Nordeste, então é claro que tinha que ter uma rede no projeto, e durante o processo criativo, veio em mente um trabalho que foi realizado quando eu era pequeno, na 7a. série, onde a gente usou balaio, foi daí que surgiu o conceito do banco.”

IED: Quais foram as dificuldades que você enfrentou no desenvolvimento do móvel?

Lara: “Foi um desafio a criação do balanço, questões técnicas, por isso eu queria muito criar o protótipo do banco, para poder trabalhar melhor o design da peça e desenvolver essas questões técnicas do balanço.”

Hugo: O problema no desenvolvimento da peça, igual ao caso da Lara, como foi o nosso primeiro projeto e não tínhamos experiência, também surgiram dificuldades nas questões técnicas. Mas deu certo! (risos). Até porque a gente vendeu a proposta e a fábrica comprou.

IED:  Descreva em resumo sua experiência nessa participação do Prêmio Butzke.

Ressoi Pierozan: “Foi desafiador propor um mobiliário criativo e viável tecnicamente para uma empresa consolidada que já trabalha com designers, sem ter pleno conhecimento de suas restrições industriais.”

Hugo Ribeiro: “Estou até agora sem acreditar que ganhei segundo lugar no primeiro concurso na área moveleira que participo, com o desenho do meu primeiro móvel. Fico feliz em trazer um pouco da Bahia com representatividade no processo criativo e isso gerar uma repercussão que está abrindo portas que nunca imaginei.”

Laura Mauad: “Felicidade e entusiasmo são meus sentimentos por poder prototipar meu projeto em parceria com a Butzke, é o início de uma nova fase em minha profissão, com foco no design de mobiliário.”

 

IED – Istituto Europeu di Design

Tem interesse no curso do IED São Paulo?

Clique aqui: Curso: Design de Mobiliário

 

Candy Colors!

A tendência do Candy Colors já está presente em nossas vidas tanto na moda, quanto na decoração. Inclusive falamos aqui sobre ela.

Agora, a Butzke também apresenta móveis que complementam essa tendência que, com sua delicadeza e sofisticação, deixa os ambientes com um toque mais suave.

Confira as novidades da Butzke nesses tons:

A Linha São Paulo expõe um jogo completo de cadeiras nos tons Candy Colors, como o Branco, o Verde, o Azul Caribe, o Rosa e o Cinza.

A tradicional Linha Rio acompanha a tendência com as cores Verde Oliva e Rosa Nude.

Para finalizar, o Balançotte, também expressa suas cores em Candy Colors nos mesmos tons da linha São Paulo.

Essas cores trazem o ar de nostalgia que lembra os anos 50 e 60. Uma delicadeza única que combina com qualquer ambiente!

linha-sao-paulo-1 linha-sao-paulo-mesa-xis-4 cadeira-rio-acrilico-foto-lio-simas-4 poltrona-bigua-foto-lio-simas-3