Torneio Design Tournament

 

A Butzke, em parceria com o Instituto Europeu de Design – IED São Paulo, promoveu um torneio entre os alunos da instituição a fim de promover a criação de um móvel de área externa.

Os alunos foram desafiados a projetar um produto comercial para trazer uma nova visão de design para estes artigos. A avaliação foi feita por um arquiteto, um designer, um formador de opinião ou um diretor de redação, um representante da Butzke e um do IED.

Pertinência com o tema, caráter comercial, inovação, sistema de construção e material utilizado, e  criatividade, claro, foram os critérios para a avaliação dos produtos.

Lara Mauad, com o seu projeto “Cadeira de Balanço”, foi a vencedora do Prêmio Butzke nessa edição do Design Weekend – DW! 2017. Ela ganhou a fabricação do protótipo do seu projeto, além de curtir um final de semana no Costão do Santinho. O segundo lugar ficou com Hugo Ribeiro enquanto o projeto “Ilha da Magia” da Ressoi Schubert Pierozan levou o terceiro troféu, ambos com direito a um tour pela fábrica da Butzke em Timbó, SC.

 

Confira a entrevista que O IED SP fez com os vencedores:

 

IED: Qual foi a sua inspiração para a criação da peça?

Lara: “Minha inspiração foi a minha casa, e o modo como a gente usa a varanda. Criei esse projeto em um domingo de manhã, sentei lá e comecei a criar. Eu quis abordar a história de estar junto e daquela aproximação que se tem quando se senta numa rede, o balanço dela… Foi por aí que eu comecei a pensar no banco e à partir disso fui desenvolvendo o projeto. Eu queria também algo que tivesse transparência, para não tampar as plantas, que eu acho uma coisa muito bonita numa varanda.”

Hugo: “A proposta do banco surgiu como uma necessidade… Eu sou do Nordeste, então é claro que tinha que ter uma rede no projeto, e durante o processo criativo, veio em mente um trabalho que foi realizado quando eu era pequeno, na 7a. série, onde a gente usou balaio, foi daí que surgiu o conceito do banco.”

IED: Quais foram as dificuldades que você enfrentou no desenvolvimento do móvel?

Lara: “Foi um desafio a criação do balanço, questões técnicas, por isso eu queria muito criar o protótipo do banco, para poder trabalhar melhor o design da peça e desenvolver essas questões técnicas do balanço.”

Hugo: O problema no desenvolvimento da peça, igual ao caso da Lara, como foi o nosso primeiro projeto e não tínhamos experiência, também surgiram dificuldades nas questões técnicas. Mas deu certo! (risos). Até porque a gente vendeu a proposta e a fábrica comprou.

IED:  Descreva em resumo sua experiência nessa participação do Prêmio Butzke.

Ressoi Pierozan: “Foi desafiador propor um mobiliário criativo e viável tecnicamente para uma empresa consolidada que já trabalha com designers, sem ter pleno conhecimento de suas restrições industriais.”

Hugo Ribeiro: “Estou até agora sem acreditar que ganhei segundo lugar no primeiro concurso na área moveleira que participo, com o desenho do meu primeiro móvel. Fico feliz em trazer um pouco da Bahia com representatividade no processo criativo e isso gerar uma repercussão que está abrindo portas que nunca imaginei.”

Laura Mauad: “Felicidade e entusiasmo são meus sentimentos por poder prototipar meu projeto em parceria com a Butzke, é o início de uma nova fase em minha profissão, com foco no design de mobiliário.”

 

IED – Istituto Europeu di Design

Tem interesse no curso do IED São Paulo?

Clique aqui: Curso: Design de Mobiliário

 

Candy Colors!

A tendência do Candy Colors já está presente em nossas vidas tanto na moda, quanto na decoração. Inclusive falamos aqui sobre ela.

Agora, a Butzke também apresenta móveis que complementam essa tendência que, com sua delicadeza e sofisticação, deixa os ambientes com um toque mais suave.

Confira as novidades da Butzke nesses tons:

A Linha São Paulo expõe um jogo completo de cadeiras nos tons Candy Colors, como o Branco, o Verde, o Azul Caribe, o Rosa e o Cinza.

A tradicional Linha Rio acompanha a tendência com as cores Verde Oliva e Rosa Nude.

Para finalizar, o Balançotte, também expressa suas cores em Candy Colors nos mesmos tons da linha São Paulo.

Essas cores trazem o ar de nostalgia que lembra os anos 50 e 60. Uma delicadeza única que combina com qualquer ambiente!

linha-sao-paulo-1 linha-sao-paulo-mesa-xis-4 cadeira-rio-acrilico-foto-lio-simas-4 poltrona-bigua-foto-lio-simas-3

Perfeita para área externa!

Peça assinada pelo renomado Carlos Motta, a linha Maresias é desenvolvida em cumaru 100% FSC e percintas de poliéster com fibra cânhamo.

Perfeita para área externa! ☀️🌧

A Linha Maresias também podem ganhar espaço dentro de casa, na piscina ou no jardim.

butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-14 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-13 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-12 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-11 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-9 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-8 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-6 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-7 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-5 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-4 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-3 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-2 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-1 butzke-unique-linha-maresias-area-externa-madeira-cumaru-15

Fotos: Lio Simas

Estilo escandinavo marca nova coleção da Butzke

O design escandinavo, um dos mais apreciados pelos amantes do design, foi a inspiração para a nova aposta da Butzke que traz em sua recente coleção uma série de móveis produzidos em madeira piquiá. Ideal para uso em áreas externas, já que possui resistência muito superior em relação à outras madeiras, a piquiá se mostrou bastante conservada quando exposta à intempéries. A excelente durabilidade dessa espécie colaborou para a seleção da marca que também levou em consideração, o tom claro, o toque sedoso e o excelente acabamento que remete ao tipo e aos traços criados em produtos dos países nórdicos.

A cadeira Jandaia e a poltrona Uirapuru, assinadas pela Asa Design com exclusividade para a Butzke, todas igualmente produzidas com piquiá, marcam o início do uso da madeira pela Butzke. Para Michel Otte, à frente da marca, trata-se de uma nova experiência, mas que promete bons resultados. “A madeira piquiá é nobre e seu uso pouco explorado no mercado nacional. Como sempre buscamos novidades, essa matéria-prima vai agregar ainda mais qualidade e beleza em nossas peças”, pontua Michel.

A escolha dessa madeira vai ao encontro das propostas de produção da marca: peças que são pensadas para circular confortavelmente entre espaços públicos e residenciais, grandes projetos arquitetônicos ou domésticos, perdurando ao longo do tempo. Isso é possível, pois a condição superior do piquiá permite que seja uma peça atemporal, um objeto para a vida toda.

poltrona-sofa-e-mesa-auxiliar-malibu_foto-lio-simas-2 cadeira-e-mesa-jandaia_foto-lio-simas-1 poltrona-uirapuru-1